Pintores Franceses
.
.

jacques.
.

apresença de duas mulheres com um homem em um pouco suntuoso piquenique foi considerada escandalosa e imoral em 1876. E o autor desta obra foi atacado pelos críticos em todos os principais jornais da época.

Jacques Joseph Tissot nasceu em 1836 em Nantes, França. Grande parte de sua educação, Tissot recebeu informalmente, através de amigos, conhecidos artistas da avant-garde e escritores. Estudou na Ecole des Beaux Arts em Paris com os mestres Ingres, Flandrin e Lamothe, e expôs no Salão de Paris pela primeira vez com 23 anos.

Alcançou reconhecimento oficial pelo seu trabalho bastante depressa. A característica do seu primeiro período foi como pintor dos charmes femininos. Demi-mondaine seria a forma mais acurada de denominar uma série de estudos que ele chamou de La Femme a Paris (A mulher em Paris).

Foi forçado a tomar refúgio em Londres na sequência da sua alegada participação no turbulento evento da Comuna de Paris em 1871, sendo perseguido, acusado de ser comunista. Tissot’s, em Londres suscitou considerável ciúme entre seus colegas impressionistas, onde foi considerado um artista de valor menor.

Em meados de 1876, Tissot conheceu uma divorciada, sra. Kathleen Newton, que se tornou sua companheira e modelo para diversas pinturas. A sra. Newton mudou-se para a propriedade de Tissot em 1876, onde viveu com ele até o seu suicídio, e onde já vivia os últimos estágios da sua tuberculose. Tissot nunca recuperou dessa tragédia, e transferiu-se de volta para Paris, dedicando o resto de sua vida a pintar cenas religiosas.

Ele visitou o Médio-Oriente duas vezes para encontrar o verdadeiro background das suas novas pinturas. Nos últimos anos, curadores japoneses e americanos têm alimentado um grande aumento no valor das pinturas de Tissot, porém, os críticos permanecem hostis.

.
Imagens Aqui
.
Tissout
.
.

William .

.

cS Lewis e Jr Tolkien me deixaram encantado quando apresentaram uma outra leitura para a mitologia. Na verdade, conheci a mitologia lendo Câmara Cascudo, mas foi com o mestre Willian Bouguereau que a visualizei. Ainda, foi com a mitologia de Bouguereau que aprendi a gostar de arte, pois ele foi além da representação mitológica, e tornou-se um dos mais importantes pintores da história.

Bouguereau recebeu quase todas as recompensas possíveis durante a sua carreira. Nasceu em La Rochelle, na costa atlântica da França, em 30 de novembro de 1825. Quando trabalhava com os pais no comércio de azeite, um cliente convenceu-os a permitirem que o filho fosse estudar na Ecole des Beaux Arts de Bordeaux. E logo em 1844, após apenas dois anos de estudo em tempo parcial, Bouguereau ganhou o primeiro prémio de valor em pintura para uma tela representando Saint Roch. Este prêmio foi o catalisador de Bouguereau para o futuro da carreira. Depois veio Paris, depois Roma. Graças a sua influência as instituições de arte francesas abriram suas portas para as mulheres.

Bouguereau tinha o hábito de passar os verões em La Rochelle, em um estúdio de pintura que ele tinha construído lá. Após vários anos de doença cardíaca, ele morreu em La Rochelle em 19 de agosto de 1905. Pensa-se que a sua situação foi agravada pelo roubo de sua casa e do estúdio em Paris. Ele está enterrado no cemitério de Montparnasse, perto do bairro onde morou. Este resumo não mostra quem foi Willian Bouguereau, mas as imagens abaixo apontam a dimensão da pintura deste mestre que abre nossa coluna de arte.

.
Imagens Aqui

.
Willian


.

assine o feed twiter

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: